Dicas para comprar a primeira câmera fotográfica | Blog da Omicron

16 de março de 2021

Existem milhares de modelos de câmeras fotográficas. Cada qual com suas especificações, funções, marcas e preços. O que tornam inevitáveis as dúvidas: 

- Qual a melhor marca de câmera? 
- E agora, monoreflex ou mirroless?
- Putz… Qual a melhor câmera para fotógrafos iniciantes?
- Será que com essa câmera eu consigo fotografar profissionalmente? 

Calma, galera. Há luz no fim do túnel. 

Passamos um pente fino em nossas três décadas de ensino fotográfico, resgatamos vivências (e perrengues) de quem vive da fotografia e reunimos aqui dicas objetivas e valiosas para comprar a sua primeira câmera. 

Ou seja, aqui você encontrará dicas essenciais para você investir seu rico dinheirinho em um equipamento fotográfico com um bom custo-benefício. Bora conferi-las! 


Dicas para comprar a sua primeira câmera fotográfica: 



1ª) Invista em uma câmera de entrada. 


As chamadas “câmeras de entrada” - também conhecidas como APS-C ou câmeras de meio quadro -  trazem de longe o melhor custo-benefício para quem está começando. 

Estas câmeras monoreflex são mas acessíveis ao bolso do(a) fotógrafo(a) iniciante e vêm no formato kit (corpo da câmera + lente zoom 18-55mm), o que as tornam extremamente versáteis para fotografar de maneira profissional ou amadora.

Com elas é possível realizar ensaios fotográficos, fotografar produtos e eventos, criar projetos fotodocumentais e autorais, entre outros. 


2ª) É bom focar em marca? Sim, é. 


Papo reto: invista em uma câmera da Canon ou da Nikon

Os motivos são simples: 


1) São marcas que há décadas se dedicam à fotografia. 

Em outras palavras, tanto a Canon quanto a Nikon têm know-how sobre o que fabricam e não estão produzindo câmeras e lentes por “estar na moda”. Dificilmente elas fecharão suas produções sobre equipamento fotográfico da "noite para o dia" te deixando sem saber para "onde correr". 


2) Acessórios. 

Você vai perceber que um equipamento fotográfico quando bem cuidado (saiba como armazená-lo no vídeo abaixo) tem uma vida longa. 




Então, você não trocará de câmera todo ano, mas irá adquirir acessórios que ajudarão em seus trabalhos profissionais, como flash, outra lente e por aí vai. 

Tanto a Canon quanto a Nikon, por serem marcas tradicionais nesse setor, oferecem vááários acessórios. Mas a melhor parte: também por este motivo, outras empresas fornecem equipamentos mais acessíveis compatíveis, como é o caso dos Flashes Godox que fabrica opções para ambas as marcas. 


3) Assistência no Brasil.

Nada pior do que precisar trocar uma peça da câmera, realizar uma limpeza no seu sensor ou limpar o cristal de uma lente e... não ter manutenção para o equipamento em território brasileiro. :/ 

Pensar em marcas que trazem bom custo-benefício a médio/longo prazo e maior facilidade logística para reparos trará menos dor de cabeça e mais economia para seu bolso. 


3ª) Onde comprar? 


Indicar lojas físicas se torna difícil já que o objetivo deste post é ajudar o maior número possível de aspirantes à fotografia. 

Sendo assim, recomendamos conferir as inúmeras ofertas disponíveis na internet. MAS ATENÇÃO! Sempre avalie se o site é seguro, se ele possui boas avaliações de clientes anteriores, ouça a opinião de outros fotógrafos de sua cidade e não tenha preguiça, gaste tempo comparando preços. 

Nós indicamos três lojas online (não é publi, pessoal): 

Sim, é uma loja norte-americana e com preços cotados em dólares. Mas não a indicamos para compras de quem está no Brasil e sim, para consulta! Consulte o equipamento que está à procura, converta seu valor e some impostos para descobrir se os preços das lojas que está pesquisando estão dentro da “normalidade”. 


Ah! Tá sem tempo para ler o post com as dicas? Então, veja ou escute o áudio do vídeo abaixo da nossa série Primeiros Passos na Fotografia Profissional que além de explicar o que trouxemos aqui (também conta com algumas dicas extras). ;)





Até a próxima! 


POSTS RELACIONADOS