O que é fotografia documental ou fotodocumentarismo | Blog da Omicron

31 de janeiro de 2020

O que é fotografia documental?


A fotografia documental nada mais é do que um gênero fotográfico que tem como objetivo contar uma história através de imagens.

Qual história? A que você desejar. O céu é o limite quando falamos de temas e de formas expositivas para criar uma narrativa visual. 


Olhar sensível e importância social


O fotodocumentarismo tem em sua veia o cunho social.

Graças ao olhar sensível de muitos fotodocumentaristas, nós pudemos tomar ciência de injustiças sociais, culturas distintas, personagens únicos e paisagens impactantes ao redor do globo. 

Dois exemplos rápidos de trabalhos fotodocumentais relacionados às questões sociais: 


° Fotos da Farm Security Administration, de Dorothea Lange


Graças aos registros da fotógrafa Dorothea Lange sobre a situação de pobreza que imigrantes viviam em solo americano nos anos de 1930 (Período da Grande Depressão), a população estadunidense soube deste problema e o governo do então presidente, Roosevelt, tomou as medidas necessárias para revertê-lo. Confira mais sobre o trabalho de Lange no vídeo abaixo: 

 



° Serra Pelada, de Sebastião Salgado


Outro exemplo, é o registro do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado sobre Serra Pelada - MG. Nele, vemos trabalhadores lançados à própria sorte em busca do prometido ouro na mina que ficou conhecida como “Formigueiro Humano” graças às quilométricas filas que se formavam em sua escadaria. Confira mais sobre o trabalho de Salgado no vídeo: 




Qual história você quer contar?


Não se engane, é um equívoco pensar que temáticas tidas como “simples” não mereçam ser contadas por um não retratarem algum aspecto social ou humanitário. 

Se o tema do seu projeto fotodocumental for importante para você, ele já merece ser abordado. 

Dúvida? Então, confira dois trabalhos fotográficos deliciosos que documentam coisas “banais”: 


° “Cuide de você”, de Sophie Calle


Para lidar com um “pé na bunda”, a artista francesa Sophie Calle transformou a dor em arte. Munida com a carta/e-mail que recebeu do ex terminando o relacionamento, Calle pediu para mulheres de diferentes nacionalidades e profissões darem sua interpretação profissional sobre o que leram. O resultado foi uma onda de criatividade e humor registrados pela artista: fotos, leituras, intervenções artísticas e vídeos sobre o fim. Este trabalhou ganhou o nome “Cuide de você” - “Prenez Soin de Vous”, em francês - que é como o “falecido” encerrou a tal carta. 



Exposição “Cuide de você” no ano de 2010, no Louisiana Museum of Modern Art (Humlebæk, Dinamarca). Fotografia:  Florian Kleinefenn. 



° “Sobremarinhos”, de Gilvan Barreto 


A sua eterna ligação com o mar fez com que o pernambucano radicado no Rio de Janeiro, Gilvan Barreto, documentasse narrativas visuais inspiradas em nada mais, nada menos do que: marés. O trabalho fotográfico registrado na praia da Urca rendeu o fotolivro interativo Sobremarinhos. 


Livro Sobremarinhos, de Gilvan Barreto. Fotografia: Daigo Oliva. 


Imersão no tema


Independente do tema escolhido ou do seu peso social, o fotógrafo documentarista deve sempre mergulhar na temática escolhida. Escolher seu tema com cuidado, analisá-lo e afunilá-lo. 

Contar uma história de maneira visual exige paciência, dedicação e, às vezes, tempo. Salgado, por exemplo, levou quase uma década para concluir Gênesis. 


Fotodocumental x Fotojornalismo 


Apesar destas duas áreas fotográficas terem muito em comum, o fotojornalismo tende a testemunhar um acontecimento apenas em um determinado momento, já o gênero documental exige aprofundamento e acompanhamento fotográfico mais extenso. 


E como construo um trabalho fotográfico documental? 


Após observar esta introdução à fotografia documental e todo o potencial criativo que ela carrega, você deve estar se perguntando: “Legal… Mas como tiro um projeto fotográfico do papel? Por onde começo?”.   

Preparamos o ebook "Fotografia Documental: Um Guia para Iniciantes" para você dar os primeiros passos nesta área fotográfica. Aproveite, ele estará disponível de graça para download por tempo limitado!



E teremos uma nova turma do curso totalmente online de fotografia documental em março de 2020.
Mas atenção: as vagas são limitadas. Garanta já a sua! ;)


POSTS RELACIONADOS